img_o-projeto

O Restaurante-Escola Estação Bistrô é o resultado de uma parceria exclusiva entre a Universidade Católica de Santos e a Prefeitura de Santos para inclusão de jovens de 18 a 29 anos em situação de vulnerabilidade pessoal e social. Todos os dias, são oferecidas três opções de pratos, elaboradas pelos alunos do restaurante-escola.

Esses jovens são cadastrados no Centro de Referência de Assistência Social da Prefeitura e formam turmas de 30 alunos por semestre. Cada turma tem o total de 60 horas/aula de capacitação com professores e alunos dos cursos de Gastronomia e Nutrição da Universidade.

Os alunos fazem rodízio semanal nos diferentes setores do restaurante. Ao final de cada etapa, os instrutores avaliam o desempenho individual e coletivo.

A Católica é a única universidade participante do projeto, e oferece aulas práticas e teóricas dos cursos de Nutrição e Gastronomia para a formação de ajudantes de cozinha e ajudantes de garçom. Os alunos do restaurante-escola cursam as seguintes disciplinas:

  • Habilidades Básicas de Cozinha
  • Metodologia Atual para o Controle Higiênico-Sanitário dos Alimentos
  • Identificação de Mercadorias
  • Fundamentos dos Serviços de Restaurantes e Eventos
  • Enologia e Bebidas
  • Fundamento de Confeitaria e Panificação
  • Fundamentos da Culinária no Preparo de Cozinha Quente e Fria
  • Trabalho Sócio Educativo (responsabilidade SEAS)
  • Conteúdo Especifico Prático
  • Matemática Aplicada
  • Língua Portuguesa
  • Inglês Instrumental

Em termos acadêmicos, para a Universidade o restaurante-escola funciona como espaço de extensão comunitária e estágio para os dois cursos diretamente envolvidos no projeto. O espaço físico (cozinha e salão) pode ser utilizado para realização de oficinas e eventos da Católica, e também para divulgação das atividades e cursos da Universidade.

img_sabor-e-elegancia
img_sabor-e-elegancia
img_sabor-e-elegancia

Sabor e elegância

O restaurante fica no térreo de prédio de feições neoclássicas e inspiração na arquitetura da época vitoriana. Construído como estação de passageiros pela empresa inglesa São Paulo Railway, hoje a edificação abriga a Secretaria Municipal de Turismo. Os telhados imitam os da Europa, em declive para o escoamento da neve, enquanto esculturas de leões simbolizam o poder do império britânico.

As instalações internas acompanham a elegância externa. Um curioso lustre decorado com xícaras, pires e bules pendentes chama a atenção no ambiente, onde 80 cadeiras de madeira escura, distribuídas em 20 mesas, têm sobretoalhas com inscrições alusivas a Santos. Três arcos de uma parede tornaram-se elementos decorativos ao serem fechados com alvenaria.

O arco central recebeu magnífico espelho com moldura dourada. Os laterais ganharam painéis de madeira preta vazada. Um deles delineia uma locomotiva e o outro, u ma plataforma de embarque. Os arcos da parede oposta abrem-se para o bar e o espaço de serviço, conservando as antigas bandeiras de ferro trabalhado. O piso original de ladrilho hidráulico também foi recuperado, valorizando a sobriedade da restauração.